Mundo Mãe

A importância da doação de leite materno e como realizá-la corretamente

Hoje, dia 19 de maio, é comemorado o Dia Mundial da Doação de Leite Humano. A data é uma iniciativa para garantir a proteção e promoção do aleitamento materno, voltada para a sensibilização da sociedade para a importância da doação de leite. O principal objetivo da celebração é estimular a doação, promover debates sobre a importância do aleitamento materno e do ato de doar, além de divulgar bancos de leite humano nos estados e municípios brasileiros. 

Em atenção a este período, a MAM Baby, marca que preza o cuidado, saúde e bem-estar de todas as mães e seus bebês, se uniu à causa desenvolvendo informativos, em suas redes sociais, com as principais informações sobre o ato de doação de leite materno e seus benefícios. 

O apoio às famílias durante o processo de amamentação pode salvar vidas. A doação de leite materno é muito importante para bebês que não podem ser amamentados pela própria mãe. Toda mulher saudável que amamenta é considerada uma possível doadora de leite humano. Um litro de leite pode alimentar até dez crianças, internadas ou impossibilitadas de mamar. 

Extração do leite 

Antes de realizar a extração do leite, é recomendável lavar a mama apenas com água e secar com uma toalha limpa. Para evitar contaminações, a mãe deve cobrir os cabelos com um lenço ou uma touca, além de buscar por um local limpo e tranquilo. 

O leite deve ser retirado depois que o bebê mamar, quando as mamas estiverem muito cheias ou em caso de excesso de produção de leite. Geralmente são utilizadas bombas para a extração do leite da mama. E, como apoio às mães que desejam doar, a MAM tem uma linha completa de aleitamento. Entre os produtos, se destaca a Bomba Tira-Leite Manual da MAM

Bomba Tira-Leite manual da MAM

O armazenamento deve ser realizado em recipientes de vidro ou próprios para doação, lembrando sempre de esterilizá-los antes. É recomendado deixar um espaço de dois dedos abaixo da tampa e, após finalizar a coleta, fechar bem o recipiente e guardá-lo na geladeira ou freezer. O leite pode ficar armazenado congelado por até 15 dias.

O próximo passo é levar o leite ao banco de leite mais próximo, ou então ligar para o Disque Saúde, no número 136, para obter mais informações sobre a coleta domiciliar. Nos sites do Ministério da Saúde e da Rede Global de Bancos de Leite Humano, é possível consultar mais informações sobre como doar leite materno, conhecer os mitos e verdades, além de encontrar contatos dos bancos de leite humano, entre outras informações.

Minha experiência

Aqui em casa eu doei por 6 meses quando estava amamentando o Pedro. Foi uma experiência muito gratificante e tive todo acolhimento, ensinamento e disposição das enfermeiras do Banco de Leite de Jundiaí, onde eu morava. Já quando eu tive a Mariana, o meio para doar em Manaus era um pouco mais difícil e eu tinha que ir até ao hospital para doar, mas como estávamos bem no meio de um surto de H1N1, acabei não conseguindo e doei apenas os dias que fiquei internada com ela. Uma pena, mas hoje sei que o processo está mais fácil e fico feliz em ver mães e bebês serem beneficiados com a doação de leite que está cada vez mais forte no país.

Sobre a MAM
Fundada na Áustria, em 1976, a MAM tem presença em mais de 60 países e está desde 1998 no Brasil. A empresa conquistou a posição de liderança mundial em produtos para bebês, e é a principal referência na categoria de chupetas, mamadeiras e bicos de mamadeiras. Com o lema “We love babies”, a MAM continua se expandindo todos os dias, de forma sustentável e responsável, para seguir com seu objetivo de sempre apoiar ao máximo o desenvolvimento individual de todas as crianças e tornar o dia a dia com o bebê mais fácil para os pais. Em 2019, a MAM recebeu a Menção Honrosa pela Comissão Europeia do EU Product Safety Awards, por definir e exceder as normas de segurança para chupetas e equipamentos de alimentação, com reconhecimento de seu papel de liderança no desenvolvimento de normas relevantes, que aumentaram o nível de segurança em todo o setor. 

Comentários

comentário

Laís Sass

Mulher, esposa, mamãe do Pedro e Mariana e jornalista. Amo viajar e tento tratar a maternidade e todas as áreas pessoais de maneira leve e gentil.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.