Qual o melhor carrinho para você e seu bebê?

Em 21.09.2016   Arquivado em Mundo Mãe

Um dos itens preferidos e, as vezes, o que dá uma dorzinha de cabeça, é a escolha do carrinho de bebê! Existem inúmeros modelos e marcas de carrinhos, e como saber qual o melhor para você e seu bebê? Acompanhe aqui no post de hoje! 🙂

Análise de um carrinho de bebê

Para começarmos, você sabe o que compõe um carrinho de bebê? Então vamos lá:

  1. Componentes-carrinhobebe

    imagem: Alô Bebê

    Capota: é a cobertura do carrinho que protege contra o sol e vento;

  2. Manopla: é a alça usada para empurrar o carrinho, lembrando que ela pode ser com duas alças ou uma única barra;
  3. Encosto reclinável: a parte na qual as costas do bebê ficará apoiada, sendo reclinável para posicionamento adequado ao dormir ou para bebês menores de seis meses;
  4. Cinto de segurança: segundo a recomendação do Inmetro deve ser de cinco pontos para segurança do bebê;
  5. Protetor frontal: alguns modelos vem com essa peça, mas há diversas opções que ela não faz parte, é opcional para cada mãe e pai;
  6. Porta-objetos: transportar itens que são necessários no passeio como bolsas, artigos de higiene e brinquedos;
  7. Freios traseiros: em geral, os carrinhos possuem freios nas rodas traseiras.

Qual a sua necessidade?

Existem carrinhos para pais e mães atletas, carrinhos mais compactos, carrinhos ideais para quem está sempre viajando de avião, onde ele cabe no bagageiro de dentro da aeronave 😮 … e por aí vai. Então se atente nesses detalhes e vá montando o carrinho perfeito pra você a partir dessas características:

  • Material: ele determina a resistência e durabilidade do produto. Existem dois tipos de material: aço e alumínio. A diferença é que o alumínio costuma ser mais leve e resistente.
  • Tecido: muito comum pais alimentarem seus filhos no carrinho, por isso tecidos mais fáceis de limpar devem ser priorizados, mas nada impede de colocar capas. Hoje existem várias empresas e artesãs que produzem capas lindas e combinando com bolsas e outros artigos. Vale a pena dar uma pesquisada! 😉
  • Rodas: existem carrinhos hoje com rodas especiais para pais atletas, ou seja, não sao de plásticos e possuem câmera de ar, além de serem maiores para dar mais estabilidade ao carrinho. É sempre bom ver o carrinho pessoalmente aberto e fechado para não ter surpresas futuras! rs Analise onde você mais anda: parques, shopping e encontrará uma roda que combine com sua rotina sem desgastar muito!
  • Posições de Recline: alguns carrinhos possuem recline 100% e são chamados de carrinho-berço. Muitos pais optam por ele para o bebê dormir acomodado nele nos primeiros meses de vida. Já outros carrinhos vem com limite de recline imposto pelo próprio fabricante.
  • Tipo de fechamento: esse item foi um que mais me atentei no momento da compra, pois sei que andaria sozinha com o Pedro e precisava de algo prático. Além disso, é com ele fechado que você saberá como e onde será guardado e transportado.
  • Peso total do equipamento: super importante saber o peso total do carrinho com e sem o bebê conforto (no caso de modelo travel), pois já ouvi muito “não sabia que ficaria tão pesado com o bebê.”. Sim, adicione mais uns 6, 8, 10 kg ao peso do carrinho, pois seu bebê estará nele! rs 😉

Tipos mais comuns:

Guarda-chuva

Esse modelo é considerado o mais básico. Tem modelo que deita e modelo que só deixa o bebê sentado. O valor também é mais acessível.

carrinho guarda chuva

Marca: Disney

(Optei por esse tipo carrinho depois que Pedro completou 1 ano de vida. Comprei no Walmart em Orlando e paguei 17 dolares, apenas!!! rs Aqui no Brasil o modelo mais barato que vi foi perto de 200 reais.)

Esse modelo é recomendado para crianças a partir de 6 meses de vida.

Carrinho-berço

Esse modelo é o queridinho de pais de primeira viagem por permitir o bebê dormir super acomodado nos primeiros dias e meses de vida. Ele é mais robusto e largo, além do recline ser 100%.
Algumas marcas já vendem o kit com a cadeirinha, além do moisés, para quando o bebê for maior.

carrinho berço

modelo Peg-Perego

Travel System

Esse modelo já traz o bebê conforto junto com o carrinho e ele normalmente acopla no próprio carrinho, não sendo preciso tirar a criança do bebê conforto para colocar no carrinho. Algumas marcas trabalham com um suporte para o carro servindo como base para o bebê conforto e vem junto nesse kit travel.

modelo travel system

Marca: Dzieco

3 rodas

No início era pra atender os pais esportistas com suas rodas grandes e mais largas que as convencionais para dar mais estabilidade, mas hoje várias marcas trazem essa estética e esses carrinhos também são de passeios.

carrinho 3 rodas

Marca: Quinny Stroller
Modelo Black Irony 2015

A Qunny é uma das empresas mais conceituadas com modelo de carrinho 3 rodas e esse modelo é o mais queridinho das famosas e “granfinas”.


Minha experiência quando comprei o carrinho do Pedro 3 anos atrás.

pedro no carrinho

Pedro, com 5 dias de vida, no bebê conforto acoplado no carrinho e tomando banho de sol no inverno. rs

Eu tinha em mente em escolher um carrinho de 3 rodas, de caminhada uma vez que eu estava toda atleta antes de engravidar e queria continuar pelo menos caminhando quando Pedro nascesse (a roda não era de plástico, mas sim um pneu com câmera de ar! Sim, teria que encher num posto de gasolina. haha) e quando cheguei no EUA para comprar, me deparei com um carrinho gigante (GIGANTE!) – mesmo dobrado ainda continuava grande – que não caberia no porta malas do meu carro! rs (e eu tenho um carro sedan) Não era a toa que via muitas mães com esse carrinho pelas ruas e shoppings, mas que tinham o carro – no mínimo – USV. rs

Fui para meu próximo carrinho da lista (também de 3 rodas) e ao fazer teste drive nas lojas notei que era muito ruim para fazer curvas em lugar fechado, esse tipo de carrinho pede ambientes amplos e como moro num apartamento, repensei no caso e vi que seria um modelo “diferente” dos que tinham até então no Brasil, mas nada funcional para mim e minha realidade.

Desisti da compra de carrinho de 3 rodas e me foquei num carrinho menor, que aguentasse bem uma caminhada, que fosse leve e que eu conseguiria fechar sozinha, sem ajuda de alguém e com o bebê no colo. Consegui! Amei modelo, cor, funcionalidade de ser modelo “travel” e usamos muito (até uns 8 meses do Pedro rs). O carrinho que escolhi foi esse (mesma cor do vídeo preto e cinza):

Eu amei tanto esse carrinho que se tivesse outro filho em breve, compraria mesmo modelo, pois ainda é super atual e me atenderia suuuuper bem!

Ah, acabei comprando na Macro Baby em Orlando e paguei cerca de $350(não me lembro ao certo) nele completo com bebê conforto e suporte para carro.


E você, como foi sua escolha e compra do carrinho? Amou, odiou ou ainda está pesquisando?

Compartilhe conosco!! 🙂

Beijos!!! 

Fonte: Alô Bebê