Categoria "Alimentação"

Receita de “Feijão Turbinado”

Em 20.10.2015   Arquivado em Alimentação

Oie!! Tudo bem com vocês?

Vi que um monte de gente testou, aprovou, incrementou a receita do Danoninho Caseiro e amei o resultado!! Obrigada por compartilhar a experiência de vocês, seja pelo face, youtube, whats e pessoalmente!!! <3

Hoje vou dar a receita que talvez muitas mamães já fizeram em casa em um dia de preocupação com o baby que não estava comendo NADA. É o famoso “Feijão turbinado”.

feijao-blogmaeantenada

Pedro no final de semana ficou com dor de garganta. Tentava comer, dava 5 colheradas no máximo e já parava de se alimentar. Basicamente ficou a base de leite, água, as vezes alguma frutinha e só. Por isso, lembrando de como nós, adultos, já ficamos chatos pra comer e com falta de apetite quando estamos com dor de garganta ou gripe, eu não fiz coisas difíceis ou novas, apenas reforcei o arroz e feijão do dia-a-dia, para ter um pouco mais de tranquilidade ao saber que ele estava consumindo muitas vitaminas no pouco que comia.

Infelizmente não filmei como fazer o feijão turbinado, mas deixo aqui a receita simples para você fazer em casa também:

Feijão Turbinado

  • 2 xícaras de feijão
  • 1 beterraba
  • 1 inhame (médio)

Modo de fazer:

  •  Deixe o feijão de molho de um dia para o outro ou no mínimo por 4 horas. Troque a água toda vez que passar por ele e ver “gases” nela. (Deixando o feijão de molho, ele concentrará menos gases nos grãos e será melhor para o bebê não sofrer com possíveis cólicas) Quando eu esqueço de deixar de molho, noto que o Pedro sofre bastante com gases, principalmente na hora de dormir.
  • Descasque a beterraba e o inhame e lave-os bem.
  • Coloque todos os ingredientes na panela para o cozimento. (20 minutos em média)
  • Após cozer, retire a beterraba.
  • O inhame, você pode retirar ou amassar bem no próprio feijão. Isso fará o caldo do feijão ficar mais grosso, se for do seu gosto, e o sabor não muda muito.
  • Tempere a gosto. (cuidado com o sal) 🙂

Prático, rápido e o feijão de todo dia está mais vitaminado e gostoso! 🙂

(Ah, as vezes está tão difícil do bebê mastigar e engolir seja por dente nascendo ou doença, que se ele aceitar só o caldinho desse feijão é o suficiente para nos deixar um pouco despreocupadas. :/ )

Você tem outra dica de como deixar a comida mais vitaminada e saborosa? Compartilha aqui com a gente! Quem sabe eu não tento fazer a sua receita aqui em casa!!! 🙂

Beijos e até mais!!!

Danoninho Caseiro para Bebês

Em 13.10.2015   Arquivado em Alimentação

 

Olá!!! Como passaram de feriado prolongado? Por aqui foi bem agitado, mas isso é sinal de saúde, não? 🙂

De um tempo pra cá venho pensando na alimentação do Pedro, se ela não está caindo na  “mesmice” e se logo ele vai enjoar e começar a dar trabalho pra comer. Desde então venho procurando coisinhas novas e saudáveis para oferecer e resolvi compartilhar com vocês de uma forma diferente (para mim): em vídeo!

Sim, estou morrendo de vergonha! Embora jornalista, eu optei pela área de assessoria que fica nos bastidores fazendo um trabalho super eficaz e que não precisa colocar a cara a mostra por muitas vezes. 🙂 Mas espero que gostem e que fiquem animadas em fazer algo novo para o/a baby experimentar.

Assistam aqui:

Me contem se fizerem? Prometo voltar com outra receita prática e gostosa para os bebês e crianças da casa! 🙂 haha

Beijos e até mais! <3

Não ofereça comida à criança sem a permissão dos pais!

Em 16.06.2015   Arquivado em Alimentação
tips4aplv

Relato de uma mãe que está com o filho internado por causa de uma alergia alimentar

Essa foto está sendo compartilhada ao monte nas redes sociais, e conta um triste relato de uma mãe que está com seu filho internado por causa de uma alergia ao chocolate ao leite que uma vendedora deu a ele. (Oi? Quem deu pra ele?)

Comentando sobre o fato, uma pessoa me falou: “Nossa, a vendedora vai ser sacrificada agora por fazer um ato de bondade? Que criança não gosta de chocolate? Como ela saberia da alergia?” E é exatamente aí que vem a explicação onde ela nem deveria ter dado o doce para o Kauai, garoto que sofre com a intoxicação. Hoje em dia é muito comum crianças terem inúmeros tipos de alergias, inclusive em relação a alimentação e somente pessoas próximas tem o real conhecimento. E outra, pelo que vimos, esse “ato de bondade” foi bastante ruim, não só para Kauai, como para a mãe que se desgasta física e emocionalmente com a situação.

Até quando nós, pais, não vamos ser consultados antes de alguém dar um alimento novo ou comum mesmo aos nossos filhos? (Não estou falando de avós, tios, pessoas íntimas, pois muitos tem o bom-senso e sabe qual a vontade dos pais (assim espero rs)). Quão engraçado (para quem dá) e sadio (para a criança) é experimentar alimentos novos precocemente? Ou ainda,  por quê temos que ficar justificando porque damos ou não damos tal alimento aos nossos filhos? Quando esse julgamento vai acabar?

Xiii, se você for mãe, pai de primeira viagem então…. coitado! Digo isso, porque já me peguei várias vezes me justificando o porque Pedro não experimentou refrigerante, gelatina, leite de caixinha, doces em geral, entre outros e nem muito sal até hoje, pois ele está prestes a completar 1 ano. Para muitos parece que é o fim do mundo, riem da e na minha cara e do marido e falam: “Também já fui assim, mas é besteira! Quero ver se com o segundo será assim.” Poxa, se “você” já foi assim com o primeiro filho, se fulana e ciclano foram assim com o primeiro filho, deixa eu ser também? 🙂 É a minha experiência e com ela saberei se é certo ou apenas besteira seguir as regras com o segundo, terceiro filho.

No meu caso, graças a Deus, Pedro não tem alergias severas como o Kauai. O que acontece com ele é ter irritação na pele e uma assadura mais severa, mas isso não dá mais liberdade aos outros em oferecer alimentos e menos preocupação para mim. Precisamos respeitar o próximo, precisamos respeitar os pais e responsáveis pelas crianças quando optam por uma alimentação que é diferente da sua. Isso também é um gesto de carinho e de bondade. <3

Mais amor, por favor!

Beijos!

*Não consegui ver a foto original e a vericidade do fato, pois o “Tips4APLV” é um grupo fechado no facebook, onde só membros tem acesso. Mas é fato que histórias desse tipo acontecem diariamente. 🙁

Como cozinhar (corretamente) legumes e hortaliças?

Em 09.06.2015   Arquivado em Alimentação

verdura-tempo-vapor

No último post sobre alimentação eu falei sobre congelar frutas, e hoje vamos ver o tempo certo de cozinhar legumes e hortaliças.

Sabemos que beterraba, cará, mandioca, brócolis, espinafre, entre outros são muito ricos em vitaminas para todos nós, mas sabia que quanto maior o tempo de cozimento mais se perde dessas vitaminas? Por isso, abaixo compartilho com vocês uma tabela com a maioria dos legumes e hortaliças (senão todos), para manter ao máximo os nutrientes de todos eles. Nessa tabela tem o tempo de fervura na água, a vapor e na panela de pressão, então basta ver a sua forma favorita e seguir as dicas:

em minutos sua comida está pronta!

em minutos sua comida está pronta!

Prontinho, agora você já sabe o tempo de cada legume e verdura para fazer direitinho para a família com todos os nutrientes possíveis! rs

Ah, vale lembrar que esse é o tempo médio, pois como existem “n” tamanho desses produtos, é bom fazer o teste do garfo e experimentar antes de colocar para servir.

Beijos e até mais! 🙂

Fonte: Panelas de barro

Página 6 de 71234567