Categoria "Alimentação"

“Crianças com irmãos apresentam menor risco de desenvolver obesidade”, aponta estudo

Em 13.09.2016   Arquivado em Alimentação

Diante de um mercado alimentício diverso, surge aos pais uma forte preocupação em relação à nutrição dos filhos. Para que os pequenos cresçam com saúde, é preciso inserir hábitos alimentares balanceados, com refeições contendo nutrientes variados. Neste cenário, a presença de irmãos de faixas etárias próximas também influencia, sabia?

Imagem Pinteres

Imagem Pinterest


Dr. Rubens Feferbaum, coordenador dos Departamentos Científicos e de Nutrologia da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP), afirma que exemplos nesse momento são importantes, principalmente na hora de sentar à mesa. “Vale lembrar, no entanto, que cada criança possui suas particularidades, o que é perfeitamente normal, mesmo com biotipos diferentes”, avisa.

Em relação ao certo e errado na alimentação dos pequenos, o pediatra ressalta que eles não nascem com manual de instrução e deve-se respeitar a individualidade. Acima de tudo, os hábitos são formados pelos exemplos da cultura familiar. É fundamental estabelecer um padrão de crescimento harmônico, sem excessos ou déficits alimentares, assim como respeitar as características culturais regionais durante a orientação nutricional.

Indicações corretas durante a infância contribuem para o crescimento saudável dos pequenos, assim como uma boa alimentação em casa. “A educação nutricional é importantíssima, tanto na família quanto na escola. Participamos de um projeto onde as crianças contavam com aulas assim e ainda interagiam na composição da merenda, escolhendo ingredientes e a maneira de preparo. O resultado é que os conceitos de boa alimentação são levados até a família, inclusive orientando os pais quando estes não serviam frutas e legumes”, comenta Dr. Rubens. (Na escola do Pedro eles tem essa prática e mesmo com 2 anos, a sala do Pedro é responsável por uma hortinha) 

irmãs orientais 


Avaliação


Estudo publicado na Revista Pediatrics atesta que crianças com irmãos apresentam menor risco de desenvolver obesidade. A pesquisa analisou a massa corporal de 697 crianças desde a introdução alimentar até os 6 anos, e aquelas que presenciaram o nascimento de irmãos tiveram um índice mais equilibrado em relação aos que não viveram a mesma experiência – estes demonstraram mais chances de desenvolver obesidade.

Além disso, a presença de um irmão na vida de uma criança ajuda a combater o sedentarismo, uma vez que podem realizar atividades juntos, o que é preponderante para uma boa qualidade de vida.

É… vou começar a pensar seriamente num irmãozinho(a) ao Pedro. haha

Bacana o texto né? Achei interessante a informação e resolvi compartilhar com vocês! 🙂

Beijos e até mais!!! 

fonte: Acontece Comunicação e Notícias

7 alimentos proibidos antes do 1º ano de vida

Em 16.08.2016   Arquivado em Alimentação

Pois é, são tantas mudanças em tão pouco tempo na fase do bebê, e a alimentação é uma delas. Deixar o bebê degustar, conhecer o gosto de cada fruta, legume pode ser uma aventura! Mas sabia que tem alimentos que são considerados proibidos para bebês que ainda não tem 1 ano de vida? Abaixo conto quais são eles:

7 alimentos proibidos

Sal

Temperar a comida com cebola, alho, temperos naturais dão, sem dúvida, mais sabor ao alimento. O sal intrínseco, já presente nos alimentos, são o suficiente para o paladar do bebê. Além do que, adicionar sal na comida pode mascarar o sabor real do alimento, e queremos que o bebê conheça o sabor do alimento, não é?

Açúcar

O bebê só conhece o gosto do leite, seja materno ou artificial. Ele não tem noção do que é doce ou salgado. Quando perguntei ao pediatra do Pedro como adoçava o suco de maracujá e ele me respondeu para dar puro, para apenas adicionar água, eu fiquei pasma! rs Ri no consultório e falei “coitado do meu filho!!!”  E aí ele me explicou que para o Pedro seria um suco maravilhoso, mas qd eu adicionasse o açúcar, ele perceberia a diferença.  Fato! Pedro toma até hoje suco de maracujá PURO!!! ( e ama!)

Mel

Amostras de mel apresentam bactérias causadoras do botulismo intestinal, e os pequenos não conseguem expeli-las o que pode causar reações adversas como tremedeira, moleza no corpo, e falta de apetite. Essas bactérias apresentam 5% das causas de morte súbita nos bebês. Então é bom evitar!

Cafeína

O café te deixa acordado, correto? Você, um adulto! Imagina o que faz no organismo de um bebê. É super contra indicado, pois pode alterar sono, oscilar humor e irritar estômago e intestino.

Chocolate

Praticamente a mesma coisa da cafeína, além de serem ricos em açúcar e gorduras!! Péssimo para um BEBÊ, não é?

Refrigerante

Gás, açúcares, corantes, pouquíssima concentração de suco da fruta… Se não faz bem nem pra adulto, porque dar a um bebê?

Alimentos que podem ser alérgicos

Frutas vermelhas (morango, amora, entre outros), kiwis, mariscos, leite de vaca,  amendoins, petit suisse industrializados e, em alguns casos particulares a clara do ovo, deve esperar até os 12 meses de vida do bebê para introduzir em sua alimentação.


Consulte o pediatra e tire dúvidas em relação a alimentação do seu filho. Esse é um período gostoso e delicado, pois alguns “erros” cometidos agora, pode trazer consequências nada saudáveis no futuro da criança.

Calma, vai chegar o tempo dela comer guloseimas e até feijoada! rs Aproveite cada momento e curta cada fase do seu bebê! 🙂

Beijos!!! 

Mascavo, Cristal e Refinado: saiba a diferença entre esses açúcares

Em 04.08.2016   Arquivado em Alimentação

açúcar

Em geral, seu uso excessivo torna qualquer problema de saúde pior, além de ser inflamatório e viciar 8 vezes mais do que a cocaína!😱

Assustou? Então confira abaixo as diferenças que existem entre os açúcares mascavo, cristal e refinado: 👇🏼

 🔹Mascavo: este açúcar se forma após o resfriamento do xarope proveniente do caldo de cana e não passa por nenhum processo de refinamento. Por isso, ele possui o maior valor nutricional entre os tipos de açúcar. Seria  o equivalente ao trigo ou ao arroz integral. Ele é úmido e escuro e possui um gosto marcante, próximo à rapadura, o que dificulta a sua popularidade. 


🔸Cristal: é aquele açúcar que apresenta cristais maiores, um pouco difíceis de serem dissolvidos na água. É muito usado em receitas de doces. Esse açúcar passa por um refinamento, diferente do açúcar mascavo, o que faz perder 90% dos nutrientes. 


🔺Refinado: em seu processo de refinamento, aditivos químicos como o enxofre deixam o produto bem branco e saboroso. Esse processo, porém retira praticamente todas as vitaminas e minerais do açúcar, que se torna um produto de calorias vazias, ou seja, sem nutrientes!

▫️Agora que você já sabe as principais diferenças entre os tipos de açúcar, reveja o açúcar que está indo para sua mesa e opte pelo mais saudável! 😉

Fonte: estaoteenvenenando.blogspot.com.br

Papá Gourmet chega em Jundiaí

Em 19.07.2016   Arquivado em Alimentação

Ufa!!! Agora as mães de Jundiaí e região podem ficar tranquilas, pois temos uma aliada na alimentação dos nossos babies e crianças: Papá Gourmet Organic Food!

papá gourmet organic food

Me lembro bem de quando Pedro iniciou a Introdução Alimentar (I.A.) com o almoço, aos 6 meses de vida, e só havia em São Paulo empresas especializadas em oferecer alimentos de qualidade (comida de verdade, sabe?), e  não aquelas enlatadas que podemos achar em qualquer lugar. Por isso eu sempre fazia comidas a mais (passava o dia inteiro praticamente na cozinha rs), e deixava congeladas no freezer para ter variedades no almoço e jantar do pequeno e até mesmo me socorrer quando precisava (em viagens… quando não estava bem de saúde… dias agitados…).

Quinta-feira, 14 de julho, fui convidada para uma degustação da Papá Gourmet, na loja Mundo Verde da Av. Jundiaí. Quando pesquisei a respeito e vi o propósito da empresa já me apaixonei e pensei “por que demorou tanto pra virem pra cá?” rs. As idealizadoras são nada menos que uma nutricionista, Ana Paola, e uma engenheira de alimentos, Mônica, que se interessam – e muito – pela alimentação na primeira infância, ou seja, elas tem o compromisso de trazer à mesa da criança uma alimentação segura, balanceada e caseira, que significa alimentos frescos, orgânicos (certificada pela IBD Certificações Ltda.) e de boa qualidade (tudo o que nós, mães, buscamos ao preparar o alimento dos pequenos).

21

Ao conversar com as meninas, fiquei sabendo que a Mônica tem uma fazenda, no interior de SP, na qual planta e colhe 50% das hortaliças orgânicas usadas no preparo das refeições. Essa iniciativa foi tomada por causa da dificuldade de encontrar produtos orgânicos de qualidade. Bacana, né?

10

Fazenda São Pedro, onde são plantadas e colhidas verduras e hortaliças para a produção das comidinhas e papinhas

Refeições

Do nascimento até os 6 meses de vida, sabe-se que o melhor alimento é o leite materno e, após essa idade, começa a introdução de alimentos complementares, segundo OMS (Organização Mundial da Saúde). Então, o cardápio da Papá Gourmet é dividido em 4 fases e as opções são extensas para os pequenos conhecerem outros sabores, vejam algumas delas:

  • Início (cerca de 6 meses) – peso 160g

Papá de Carne a brasileira

18

Papá de frango com legumes da terra

9

Papá de feijão especial

3

 

  • Mastigação (cerca de 8 meses) – peso 160g

Papá de Feijão especial com macarrão

13

Papá de legumes com frango e macarrão

17

Papá de legumes com carne

16

Caldo verde

12

  • Intermediário (cerca de 12 meses) -peso 180g

Canja

14

 

Papá de macarrão, carne e legumes

4

 

  • Comidinha (cerca de 16 meses até 7 anos de idade) – peso 300g

PF integral de frango com legumes

6

Porpetas com purê de batatas

15

Hamburguinho do Popeye

5

Peixe no vapor, grãos e purê da Magali

11

Escondidinho a Papá Gourmet

8

Macarrão com braseola recheada

12

Panquekuchas recheadas

7

 

Sobremesas

Também tem a opção de sobremesas saudáveis e nutritivas com a Papá Gourmet como:

  • Papá de maça ou manga ou banana;
  • Papá de pera com damasco;
  • Papá de maça, banana e canela;
  • Papá de manga com maracujá.
Papá de maçã com damasco

Papá de maçã com damasco

Pronto para comer

Todas as comidas e sobremesas vem congeladas e deve-se manter no freezer até o momento de descongelar.

Antes de comer é orientado a retirar a comidinha do freezer um dia antes ou no mínimo 6 horas antes de ser comida, mantendo na geladeira até a hora da refeição.

Para aquecer, pode retirar a comida do recipiente e colocar num prato, mas se caso preferir, pode levar a embalagem direto ao microondas, pois o plástico é livre de Bisfenol A e seguro para os bebês. 🙂 Além do microondas, você pode optar pelo banho-maria também. Fica ao seu critério! (sabemos que nem tudo dá pra ser planejado e precisa ser prático! rs)

Praticidade

Além das deliciosas comidinhas, a empresa está lançando snacks para termos sempre na bolsa (da criança rs) pra quando apertar a fome, sabe? Olha que legal:

 

Papá Gourmet ainda pode elaborar lanches escolares,  servir lanches em eventos especiais como aniversários/coquetéis e também pode ir até sua casa e levar um nutricionista capacitado para avaliar cada componente da família e montar um cardápio individualizado com orientações práticas de preparo e elaboração do mesmo conforme a necessidade de cada um, com o Papa Home. Uau!!! Que serviço completo, não?

Claro que antes de dar essa dica pra vocês nós aqui de casa provamos e pode comprovar o cuidado, segurança e comida de qualidade que é servido para nossos pequenos! Veja o vídeo que fiz com o Pedro:

Pra comprar aqui em Jundiaí as comidinhas e snacks da Papá Gourmet é super fácil: só ir a loja Mundo Verde, na Av. Jundiaí 527, ou no Jundiaí Shopping e escolher entre as muitas opções de alimentação para nossos babies! 

Espero que tenham gostado da novidade assim como eu. Se você provar, compartilhe aqui conosco a sua experiência! 🙂

Beijos e até mais!!!

www.papagourmet.com.br

Página 1 de 71234567