Posts de setembro de 2015

Como gastar pouco com festas?

Em 11.09.2015   Arquivado em Festas

As sextas-feiras falo aqui sobre festas, mas com essa crise que já atinge praticamente todo mundo, como pensar em festa? Por outro lado, como deixar passar uma data tão importante para os pequenos e para nós? Por isso, farei uma série de post sobre como economizar com festas que incluirá decoração, comes e bebes e até presentes, além de outros assuntos.

Hoje, a dica será sobre decoração, mais especificamente a papelaria. Existem sites especializados nisso e lá podemos encontrar artes para o aniversário infantil e adulto, chás de bebê, batizados, bodas, festas de fim de ano… e o mais legal disso tudo: é gratuito!!! 😀

No aniversário do Pedro, tudo que incluiu “papelaria” fui eu que ajustei com a super ajuda desses sites (e do Photoshop). Apenas coloquei o nome, data, aquilo que a arte pedia, imprimi (em papel A4 adesivo) em casa mesmo, cortei e colei. Foi simples assim! (Com a ajuda da mãe e da sogra, claro!)

O site que mais utilizo quando preciso é o “Fazendo a nossa festa”. Tem muitos, mas muitos temas mesmo para todo tipo de festa que você precisar, como personagens do momento Frozen e Hora da Aventura, times de futebol, anos 60, tema  “boteco” para quem ama uma cervejinha e, além deles disponibilizarem as artes, tem tutorial explicando desde como salvar a imagem, até como imprimi-la com os tamanhos e papéis adequados.

No site os leitores compartilham as fotos de suas festas com as artes tiradas de lá e olha como fica legal:

A arte que está nos copinhos foi tirada do site. Foto: site Fazendo a nossa festa

O tema dessa festa foi princesa e a arte que está nos copinhos foi tirada do site. Foto: site Fazendo a nossa festa

A arte das lembrancinhas e tubetes também. Foto: site Fazendo a nossa festa

A arte das lembrancinhas e tubetes também. Foto: site Fazendo a nossa festa

Agora uma festa de menino com lindos cupcakes. Foto: site Fazendo a nossa festa

Agora uma festa de menino, tema príncipe, com lindos cupcakes. Foto: site Fazendo a nossa festa

Essa decoração é da festa do Pedro na qual eu peguei a arte no site. Mas como não gostei muito do tema Pocoyo deles, eu adequei com o tema circo. rs

Essa decoração é da festa do Pedro na qual eu peguei a arte no site. Mas como não gostei muito do tema Pocoyo deles, eu adequei com o tema circo. rs

 

Esse foi o convite que também peguei do site

Pesquisei aqui e encontrei outros sites que disponibilizam artes gratuitas. São eles: “Fazendo Festa Infantil” e “Inspire sua festa”.

O que é legal desses sites também, é que eles te ensinam a fazer muitas outras coisas como plaquinhas para fotos, lembrancinhas, quadro com melhores momentos e por aí vai…

Também tem sites especializados nesses kits de festas que são pagos e já vem tudo personalizado conforme o seu pedido. Caso a festa esteja em cima da hora, ou você não tenha muita habilidade com programas de computador que faça a edição, o investimento pode valer a pena. 😉

Você é prendada e consegue fazer as coisas em casa? Confesso que por eu estar mais em casa cuidando “apenas” do bebê, tento ao máximo o “faça você mesmo”. rs Isso já ajudou o maridão a economizar um pouquinho! <3

Beijos e bom fim de semana! 🙂

Apenas 1 conselho às mães! Qual você daria?

Em 10.09.2015   Arquivado em Mundo Mãe

Há dias venho pensando nos conselhos que me deram desde quando engravidei, e várias coisas me passaram pela cabeça: “aproveite para dormir” :roll:, “pode comer por 2, você está grávida” :shock:, “você já está com 4 meses (16 semanas) e só engordou 1,5kg? Seu bebê vai nascer desnutrido!” :cry:, (sim, eu ouvi isso) e várias outras coisas, mas o mais importante eu achei nos livros que li: “Crie uma rotina para o bebê” :grin:. Essa é a única dica/conselho que dou para as mães e futuras mamães que encontro pelo caminho e me perguntam algo sobre a maternidade.

Várias leituras sobre o universo da maternidade, mundo dos bebês e crianças, educação durante a gestação e o que mais me chamava a atenção era a palavra “rotina”. Comecei a lembrar da minha infância e reparei que até meus 12, 13 anos eu tinha uma rotina em casa: era escola pela manhã, chegava em casa e almoçava, brincava na rua ou prédio (pois ainda éramos crianças e brincávamos de casinha nessa idade rs), depois tinha o café da tarde, assistia televisão, fazia alguma leitura ou jogava video game e, enquanto minha mãe estava fazendo o jantar, era hora do “dever de casa” a famosa lição da escola, pois minha mãe estava ao lado caso precisávamos de ajuda (eu e meu irmão). Depois do jantar, lá pelas 9 horas já estávamos na cama. Todo dia as 21 horas estávamos deitados e dormindo. :eek:. E eu amava!!!! haha Sempre amei dormir e, dormir pouco, até hoje, me deixa muito mal humorada. Claro que nos fins de semana tínhamos exceções e os horários e regras mudavam as sextas a noite, mas voltavam no domingo a noite, após a igreja.

Conversando com meu marido (que também leu alguns trechos que eu separava desses livros), chegamos a conclusão que Pedro teria uma rotina desde a sua chegada em casa e, mesmo ouvindo muitas opiniões contrárias, nos mantivemos firmes e fizemos o teste. Foi a melhor escolha (para nós)! Tenho certeza que isso o ajudou, e muito, ao ser um bebê tranquilo, calmo e regrado, e até por ele dormir sozinho no berço sem embalos e/ou chacoalhos, pois sabia que a hora que eu o colocava no berço era a hora de dormir.

Um bebê não tem noção de tempo e espaço, mas grava bem todas as tarefas que temos e fazemos com ele durante o dia e a noite, logo saberá que após comer é hora de brincar, depois é hora do banho e vem seguido de uma historinha e do sono, por exemplo.

O livro que mais me apeguei durante a gestação inteira e se tenho alguma dúvida corro para ler é “Os segredos de uma encantadora de bebês”de Tracy Hogg com Melinda Blau. Super indico esse livro e digo mais: (haha) tudo que coloquei em prática deu e dá certo até hoje! Vale a pena a leitura!

Não se assuste com tantos post-its. Os rosas são meus lembretes e os verdes as leituras do marido. hahaha

Bom, meu conselho é criar uma rotina para o bebê, pois automaticamente você, a família e a casa também terão uma, e o descanso, ânimo e prazer farão parte do dia-a-dia.

E você, qual dica/conselho daria a uma mãe de primeira, segunda, terceira viagem? Compartilha aqui com a gente! 🙂

Beijos!

De repente, saímos de férias…

Em 08.09.2015   Arquivado em Mundo Mãe

Olá!!!

Estamos um pouco sumidos daqui, pois tiramos uma pequena “férias” de novo. rs Papai veio trabalhar em Manaus e 2 dias depois somos surpreendidos com “corre que comprei passagem para vocês amanhã!”. Imaginem a correria!

Mas tudo deu certo! Soubemos da viagem na quinta-feira as 15 horas e nosso vôo era na sexta as 9:20. Em 3 horas consegui arrumar a mala (claaaaro que teve ajuda da minha mãe com o Pedro), jantamos, arrumei os últimos detalhes e as 6 horas da manhã já estávamos na estrada a caminho do aeroporto.

Como foi a aventura de viajar sozinha de SP a Manaus com o Pedro? Ele me surpreendeu! Tive frio na barriga a toa. rs Repetiria isso muitas vezes, caso precisasse. Como ele é um pouco dado/ simpático demais, o coloquei no canguru, pois como estava cheia de bolsas e mala tive receio de alguém oferecer ajuda em carregá-lo e sumir nesse mundo afora. (Precauções de mãe e super indico um canguru ou sling para as mães terem como aliados.) Sempre fui de conversar e explicar cada saída nossa com o bebê, cada situação, desenho, o porquê de tomar banho, escovar dente etc e sobre a viagem não foi diferente. Falei cada parada que íamos ter, se ele lembrava como era o avião, que não pode ficar no chão, que ele tem uma tv só pra ele, que precisa chupar chupeta quando decolamos e aterrissamos e que iríamos ao encontro do papai… E sim, os bebês, as crianças entendem tudo o que falamos, por isso é mais fácil falar sempre a verdade com jeitinho do que mentir e ele saber da mentira depois.
A minha ideia inicial era filmar a viagem desde casa até Manaus, a câmera estava carregada, mas não consegui. Foi um corre-corre em casa e chegando no aeroporto o vôo estava adiantado e fomos uma das últimas pessoas a entrar no avião. Mas do guichê até o portão de embarque consegui filmar um pouco da alegria do Pedro:

O vôo foi tranquilo, Pedro dormiu 2h15 das 3h40 de viagem, e chegou na maior empolgação aqui em Manaus.

Viemos na fileira do meio com 3 poltronas a nossa disposição. Ficamos muito confortáveis.

Viemos na fileira do meio com 3 poltronas a nossa disposição. Ficamos muito confortáveis.


3 telas a disposição: 1 era do Mickey, outra da Peppa Pig e outra da mamãe haha

3 telas a disposição: 1 era do Mickey, outra da Peppa Pig e outra da mamãe haha

Estamos curtindo bem esse “inverno” manauara com muito sol, calor, piscina, banho de chuveirão, mangueira… coisas que seriam difíceis dele fazer essa época do ano em SP. haha Saímos de um frio de 15º e viemos para o calor de 35º. Diferença, não?

Os posts voltarão por aqui e logo mais retornaremos a SP. 🙂

Beijos!!!IMG_2780