Posts de junho de 2015

Não ofereça comida à criança sem a permissão dos pais!

Em 16.06.2015   Arquivado em Alimentação
tips4aplv

Relato de uma mãe que está com o filho internado por causa de uma alergia alimentar

Essa foto está sendo compartilhada ao monte nas redes sociais, e conta um triste relato de uma mãe que está com seu filho internado por causa de uma alergia ao chocolate ao leite que uma vendedora deu a ele. (Oi? Quem deu pra ele?)

Comentando sobre o fato, uma pessoa me falou: “Nossa, a vendedora vai ser sacrificada agora por fazer um ato de bondade? Que criança não gosta de chocolate? Como ela saberia da alergia?” E é exatamente aí que vem a explicação onde ela nem deveria ter dado o doce para o Kauai, garoto que sofre com a intoxicação. Hoje em dia é muito comum crianças terem inúmeros tipos de alergias, inclusive em relação a alimentação e somente pessoas próximas tem o real conhecimento. E outra, pelo que vimos, esse “ato de bondade” foi bastante ruim, não só para Kauai, como para a mãe que se desgasta física e emocionalmente com a situação.

Até quando nós, pais, não vamos ser consultados antes de alguém dar um alimento novo ou comum mesmo aos nossos filhos? (Não estou falando de avós, tios, pessoas íntimas, pois muitos tem o bom-senso e sabe qual a vontade dos pais (assim espero rs)). Quão engraçado (para quem dá) e sadio (para a criança) é experimentar alimentos novos precocemente? Ou ainda,  por quê temos que ficar justificando porque damos ou não damos tal alimento aos nossos filhos? Quando esse julgamento vai acabar?

Xiii, se você for mãe, pai de primeira viagem então…. coitado! Digo isso, porque já me peguei várias vezes me justificando o porque Pedro não experimentou refrigerante, gelatina, leite de caixinha, doces em geral, entre outros e nem muito sal até hoje, pois ele está prestes a completar 1 ano. Para muitos parece que é o fim do mundo, riem da e na minha cara e do marido e falam: “Também já fui assim, mas é besteira! Quero ver se com o segundo será assim.” Poxa, se “você” já foi assim com o primeiro filho, se fulana e ciclano foram assim com o primeiro filho, deixa eu ser também? 🙂 É a minha experiência e com ela saberei se é certo ou apenas besteira seguir as regras com o segundo, terceiro filho.

No meu caso, graças a Deus, Pedro não tem alergias severas como o Kauai. O que acontece com ele é ter irritação na pele e uma assadura mais severa, mas isso não dá mais liberdade aos outros em oferecer alimentos e menos preocupação para mim. Precisamos respeitar o próximo, precisamos respeitar os pais e responsáveis pelas crianças quando optam por uma alimentação que é diferente da sua. Isso também é um gesto de carinho e de bondade. <3

Mais amor, por favor!

Beijos!

*Não consegui ver a foto original e a vericidade do fato, pois o “Tips4APLV” é um grupo fechado no facebook, onde só membros tem acesso. Mas é fato que histórias desse tipo acontecem diariamente. 🙁

8 maneiras diferentes de usar o amaciante

Em 15.06.2015   Arquivado em Mundo Mãe

mae-antenada-amaciante

Desde que descobri a minha alergia a um determinado amaciante (leia aqui), ele ficou encostado na lavanderia, mas ainda tinha pelo menos metade do produto e eu simplesmente o jogaria fora? Foi aí que pesquisei se existem outros jeitos de usar o amaciante, além das roupas, e quero compartilhar o que descobri:

 

  1. No piso: Misturar na água um pouco do amaciante ao invés de limpa-pisos ou desinfetantes e passar com pano úmido. É notável a limpeza e o cheiro fica por muito tempo;
  1. Banheiro: Além do piso, aplicar o produto diluído em água e um pouco de álcool, nos azulejos, pia, vaso sanitário, balcão de fórmica, ralo… vai deixar o cômodo mais úmido da casa limpo e com cheiro agradável.
  1. Madeiras: Tem algumas manchas que não sai nos móveis de madeira? Dilua duas partes de água para uma de amaciante e aplique com pano úmido no local e depois com um pano seco e bem macio. As manchas sairão e os móveis ficarão, claro, muito cheirosos!
  1. Colas e adesivos: Se a mancha persistiu ou a cola não saiu por completo, experimente deixar um pouco do amaciante puro em cima deles por uns minutos e depois limpe como mostrado na dica de “madeiras”. 😉
  1. Lustra-móveis: com o amaciante (que tenha silicone na sua composição) diluído em água, como orienta o próprio fabricante, você notará que ao limpar seus móveis com essa solução, além deles ficarem cheirosos, a poeira vai demorar para visitar a casa de novo, pois foi criada uma película protetora que vai manter longe a poeira dos móveis.
  1. Limpa-vidros: também deixando o pó longe do vidro por vários dias, essa solução vai deixar os vidros brilhantes e sem manchas. Aqui está a receita: dissolva 1 colher de sopa de amaciante (com silicone na composição) em ½ litro de água e transfira a mistura para um borrifador ou use um pano macio que não solte fiapos para fazer a limpeza.
  1. Tapetes: Após a higienização dos tapetes, suas cerdas ficam duras e ressecadas, por isso fazendo a solução de ½ tampa de amaciante em 2 litros de água, você pode borrifar e espalhar com os dedos diretamente nos tapetes para devolver a maciez. Deixe secar a sombra! (Uso de luva é recomendável)
  1. Passar roupas: O próprio amaciante usado na lavagem das roupas já deixa a roupa mais fácil de passar, mas tem algumas roupas que parecem impossíveis, e por isso, uma ajuda do “Passe bem”, “Passe Fácil” é sempre bem-vinda, não é? Mas se acabar e pegar você desprevenida, não se preocupe! 1 litro de água, 1 xícara de chá e 1 xícara de álcool misturados em um borrifador faz o mesmo papel e ajuda o ferro a deslizar facilmente pelas roupas.

Gostou das dicas? Hoje, na parte da manhã, passei pano pela casa e está exalando um cheiro gostoso de “casa limpa”, mesmo 6 horas depois. O motivo do amaciante funcionar tão bem na limpeza da casa é por causa do “sal quaternário de amônio” que está na sua composição. Ele nada mais é do que um hidratante e fixador de perfume.
Tudo de bom, né? Caso você faça alguma dessas experiências, me conte!

Beijos!

Como cozinhar (corretamente) legumes e hortaliças?

Em 09.06.2015   Arquivado em Alimentação

verdura-tempo-vapor

No último post sobre alimentação eu falei sobre congelar frutas, e hoje vamos ver o tempo certo de cozinhar legumes e hortaliças.

Sabemos que beterraba, cará, mandioca, brócolis, espinafre, entre outros são muito ricos em vitaminas para todos nós, mas sabia que quanto maior o tempo de cozimento mais se perde dessas vitaminas? Por isso, abaixo compartilho com vocês uma tabela com a maioria dos legumes e hortaliças (senão todos), para manter ao máximo os nutrientes de todos eles. Nessa tabela tem o tempo de fervura na água, a vapor e na panela de pressão, então basta ver a sua forma favorita e seguir as dicas:

em minutos sua comida está pronta!

em minutos sua comida está pronta!

Prontinho, agora você já sabe o tempo de cada legume e verdura para fazer direitinho para a família com todos os nutrientes possíveis! rs

Ah, vale lembrar que esse é o tempo médio, pois como existem “n” tamanho desses produtos, é bom fazer o teste do garfo e experimentar antes de colocar para servir.

Beijos e até mais! 🙂

Fonte: Panelas de barro

Amaciante (para bebês e adultos) da vez!

Em 08.06.2015   Arquivado em Mundo Mãe

Oii!!! Depois de um final de semana super prolongado, nada melhor do assunto ser “casa”! rs Então, vamos falar sobre o cheiro agradável – ou não – dos amaciantes?

 

Meu amorzinho do momento e o motivo da minha rinite. rs

 
Estou usando 2 amaciantes aqui em casa: estou in love pelo Amaciante Comfort Puro Cuidado que uso em todas as roupas do Pedro e estou out love pelo amaciante Ypê Pink, que uso para as roupas de cama, mesa e minhas e do marido. Já vou explicar o motivo, mas antes, vamos relembrar como usar direito o amaciante?

· Além de deixar nossas roupas cheirosas, o amaciante reduz as engelhas facilitando na hora de passar as roupas;

· Diminui a estática, o que faz a secagem das roupas ser mais rápida;

· É importante não exceder o nível de amaciante indicado no compartimento da máquina de lavar. Amaciante demais pode estragar as roupas;

· Não colocá-lo diretamente sobre as roupas, pois pode causar manchas nas mesmas. O ideal é colocar no compartimento apropriado no início do ciclo.

Sobre o out love do amaciante Ypê: tenho rinite, mas nunca tive problemas com amaciantes. Meu olho não parava de coçar, nariz… principalmente quando enxugava meu rosto com as toalhas e durante meu sono a noite. Foi aí que notei que era sempre que minha pele ficava em contato com o “cheirinho” do amaciante. Ele não tem um cheiro delicado, como o que já estávamos acostumados a usar aqui em casa, e fiz o teste de trocar e pronto! Achei a solução. Até hoje, quando coloco alguma roupa que lavei com aquele amaciante, fico ruim. 🙁 Pois é, não me dei bem com ele e já voltei a usar o amaciante azulzinho básico, com cheirinho suave (o Comfort tradicional). rs

Agora, vamos falar de coisa boa? Vamos falar de: Amaciante Comfort Puro Cuidado! Pedro também tem a pele super delicada, qualquer coisinha fora do habitual (perfume, batom, barba…) ele fica vermelhinho, com bolinas no rosto, mas que logo somem. Por esse motivo, testei o amaciante em roupas determinadas, quando ele tinha 9 meses e, após ver que ele reagiu super bem, lavei até as naninhas (que ele só brinca) com ele! E que cheirinho agradável! Uma delícia que deixa nosso bebê mais cheiroso ainda! <3 Realmente recomendo se você ainda não usou! Tenho uma amiga que usou no bebê recém-nascido e não teve problema algum de alergia ou algo do tipo.

Tem alguma dica de outro amaciante para eu tentar usar? rs Se tiver, super aceito sugestões!!

Beijos e até amanhã!

Página 1 de 212